A Foto

“A foto”, assim como quase todos os outros índices do Álbum são resultantes de sucessivas Derivas, um caminhar sem rumo. Foi até com este sentido que disse, em certa ocasião, que jornalismo é “vagabundagem”. É um estar disponível às ruas e aos mais diversos ambientes, sem nenhuma pressa. A velocidade com que as pautas atuais são realizadas fazem do “jornalismo” da mídia corporativa pura perfumaria.  Sem preocupações maiores com a verdade factual (pelo não aprofundamento),  nenhum espírito crítico e sem compromisso com a vigilância das estruturas de poder a não ser por interesses conjunturais e de forma seletiva.